Gurú Purníma: quando a lua cheia ilumina o caminho

Todos os meses, na lua cheia (Maha Chandra), os hindus celebram o Gurú Purníma. Trata-se de uma data para agradecer e reverenciar o Guru – seja ele seu Mestre espiritual, seus pais, pastor, padre, professor, orientador ou mentor.


Durante o período de lua cheia, os discípulos oferecem um Pújá (oferenda) e reforçam seus votos espirituais ao Guru, como demonstração de respeito e reverência.

Por que na lua cheia?


No Sanáthana Dharma (Hinduísmo), a lua cheia é o símbolo da iluminação do caminho, do conhecimento e do despertar da consciência. Segundo o Mestre Uberto Gama em seu livro Vidya Shastra, para entender este processo “basta observar numa noite de lua cheia todos os efeitos que este satélite da Terra produz em nós e nos elementos telúricos”:


• O mar sofre influência da lua cheia (a maré sobe e desce).

• O processo de fertilidade aumenta.

• A possibilidade de gravidez aumenta, especialmente para gêmeos.

• Nascem muito mais crianças nas maternidades.

• A lua cheia influencia o metabolismo e a assimilação de alimentos.

• O ritmo cardíaco sofre modificações.

• Temos mais dificuldades de dormir neste período.

• Há maior umidade no solo (terra).

• As ervas medicinais devem ser colhidas, pois seu princípio ativo se multiplica.

• O processo de iluminação da consciência multiplica-se.


Assim, esta é uma data propícia para a prática da meditação. Portanto, o praticante deve aproveitar o período para dedicar-se com afinco à sua evolução espiritual, lembrando-se de reverenciar os Gurus lhe auxiliaram com agradecimento e entrega.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo